Exame periódico para atividades perigosas

Além das normas gerais, a NR-07 tem regras para os exames periódicos de trabalhadores que atuam em atividades específicas, que possam ser nocivas à saúde do trabalhador.

Agentes químicos

O anexo I da NR-07 trata da exposição a agentes químicos. Trabalhadores que atuam nessas condições devem realizar exames específicos, com coleta de amostras biológicas, a cada seis meses. Se as atividades forem sazonais, a periodicidade pode ser anual.

Trabalhadores expostos a níveis de pressão sonora elevados devem realizar exames audiométricos, ou audiometria, a cada ano ou período menor. A definição cabe ao médico responsável pelo PCMSO.

Pressão sonora

Poeira

A exposição a poeiras, como sílica, asbesto ou carvão mineral, deve ser monitorada com exames radiológicos e espirometria (teste de ventilação pulmonar). Os períodos variam de um a cinco anos, conforme o tempo de exposição e o tipo de poeira.

Pressão atmosférica elevada

Trabalhadores que atuam sob pressão atmosférica elevada (pressão hiperbárica), como ar comprimido ou submersão, devem realizar exames específicos a cada seis meses ou um ano, a depender do tipo de análise.

Substâncias cancerígenas e radiações ionizantes

O Anexo V da NR-07 estabelece as diretrizes para vigilância da saúde dos empregados expostos a substâncias químicas cancerígenas e a radiações ionizantes. A periodicidade dos exames é definida pelo médico responsável pelo PCMSO, com base nas informações do PGR.

Quer saber mais sobre esse importante instrumento de saúde ocupacional

Leia o artigo completo!